ORANICE LISBOA
   
  MENU
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

LINKS ÚTEIS
  Ozyah
  Vajrah
  Calendário da Paz
 
Meditação - Vajrah
Flor de Lótus.jpg
  Flor de Lótus.jpg
http://vajrah.spaces.live.com/

Medita no teu primeiro amor, a primeira luz!
:: Wagner Borges ::


Irmão, há uma força em ti.
É o sopro vital do Eterno.
É a força de toda força.
É uma luz imperecível.

Caminha com isso em mente.
Trabalha sob essa luz.
Respira pensando nela.
Aspira-a!

Esse é o teu carisma, essa é a tua graça.
Nada no mundo brilha mais do que essa luz.
Atenta para isso!
Enche o teu rosto de luz.

Com a luz nos olhos, veja a luz nos outros.
Olha para o sol, com o sol dos teus olhos.
Faz a dança da luz em teu ser.
O teu coração é um sol.

Escuta a canção das esferas.
Sintoniza o teu coração com a luz dos iniciados.
No silêncio, eles falam do TODO que está em tudo!
O mesmo que está em teu coração.

Eles cantam uma canção sublime e terna.
É a canção de amor, que tu bem conheces.
Cantada pelos espíritos de escol, anônimos e serenos.
Que, no silêncio, ajudam invisivelmente a humanidade.

Irmão, canta com eles, em espírito e verdade.
Une tua luz com a deles, pelo bem de todos.
De coração a coração, brilha junto.
No silêncio, os espíritos se encontram.

Medita no teu Primeiro Amor, a Primeira Luz.
O Supremo, O Absoluto... Aspira-o!
Pois Ele é a respiração sutil de tudo que respira.
É a Luz das luzes, a causa de todo amor.

Pondera os teus pensamentos na chama do discernimento.
Penetra a fundo nos arcanos de ti mesmo.
Entra na câmara secreta do coração e veja a verdade:
Tu és luz! Tu és imperecível! Tu és o SER!

Ora, medita, trabalha e persevera na senda da luz.
Essa é a senda do teu coração, não podes fugir dela.
Tu caminhas sobre ti mesmo, saiba disso.
Em todo momento e caminho, estarás sempre contigo mesmo.

Por onde seguirdes, a senda seguirá junto, em teu coração.
Sendo o SER imperecível, como poderia ser diferente?
Pondera sobre isso e sinta essa verdade pulsar dentro de ti.
Persevera na jornada, pois a chama eterna crepita em teu coração.

São bem poucos os que compreendem os arcanos espirituais.
Por isso os homens caminham como desconhecidos de si mesmos.
Não reconhecem o TODO neles e não vêem a luz nos objetivos.
Caminham vazios, sem espírito e verdade, e por isso a dor os persegue.

Tolos e adormecidos, zanzam dominados pelas ilusões dos sentidos.
A Rainha Maya impera absoluta sobre os seus desejos.
São surdos à canção do bem e deficientes de maturidade.
São espíritos, como tu, mas se arrastam como mortos pela vida.

Caro irmão, junta-te aos iniciados e ora por eles.
Mesmo que eles não saibam disso, canta por eles.
Mesmo que ninguém acredite, persevera...
Ajuda os teus irmãos, em espírito e verdade, em silêncio.

No Invisível, outros olhos perceberão tua ação luminosa.
Consciências elevadas estarão contigo, em espírito e verdade.
Nesse mundo material, tal ligação não será vista.
Mas, no espaço espiritual, os seres de luz realizarão as graças secretas.

Medita no teu Primeiro Amor... canta a canção em silêncio.
A Primeira Luz... em teu coração.
Respira o Supremo... aspira-o.
Os iniciados estão contigo, em espírito e verdade.

PS: A senda da luz é a senda da paz.
A paz que o mundo não entende.
Essa paz perene, que é do espírito.
Realiza-a em ti mesmo.
Medita, ora, trabalha, estuda e realiza a paz.
Paz e Luz.